• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> Empresas podem ter incentivos fiscais para investir em inovação

Legislação que trata do assunto será apresentada em Intercâmbio Empresarial no dia 7 de fevereiro

Empresas de todos os setores produtivos que já investem ou mesmo planejam investir em pesquisa tecnológica e inovação podem conseguir dedução em tributos como Imposto de Renda (IR) e Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). A Lei de Informática e a Lei do Bem, que regulamentam os incentivos, serão tema do próximo Intercâmbio Empresarial FUMSOFT no dia 7 de fevereiro.

No evento, o consultor da Lei de Informática Antônio Rodrigues e o assessor jurídico tributário Thiago Seixas explicarão o funcionamento dos incentivos fiscais oferecidos às empresas para o desenvolvimento de projetos de inovação. Os participantes conhecerão detalhes sobre os caminhos para investir em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) com recursos provenientes de deduções em tributos, tais como IR, IPI e Contribuição sobre o Lucro Líquido (CSLL).

O palestrante Antônio Rodrigues atua como sócio diretor da Geosync Projetos e Consultoria, empresa especializada em Lei de Informática, foi gerente de P&D do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e tem cerca de 70 portarias de incentivos publicadas para empresas de TI. Com experiência na área de TI, Thiago Seixas é sócio gerente da Melo Campos Advogados Associados e assessor jurídico da Fumsoft e do SindInfor. O palestrante é especialista em planejamento tributário, incentivos fiscais e processos tributários.

O Intercâmbio Empresarial “Incentivos Fiscais com o uso da Lei de Informática e Lei do Bem” acontecerá na terça-feira, 7 de fevereiro, às 19h, na FUMSOFT (Av. Afonso Pena, 4.000, 3º andar, Cruzeiro, Belo Horizonte). As inscrições podem ser feitas clicando aqui. Outras informações pelo telefone (31) 3281-1148.


Postado em: 26/01/2012