• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> Empresas se preparam para viajar a Moçambique

Missão organizada pela Fumsoft, com apoio da Softex e da Apex-Brasil, leva seis empresas para conhecer oportunidades no país africano

Internacionalizar seus negócios e prospectar clientes em outro continente será o desafio das seis empresas que estão inscritas na missão a Moçambique, organizada pela Fumsoft entre os dias 4 e 12 de agosto. Os participantes terão a oportunidade de se reunir com as principais indústrias de Energia, Mineração e Infraestrutura em Moçambique, como a Vale, a Rio Tinto e a Camargo Corrêa, além de visitar as instalações de algumas dessas empresas na cidade de Tete, ao norte de Maputo, capital do país.

Esta será a primeira missão empresarial da Enacom, de acordo com o diretor executivo da empresa, Douglas Vieira. “Um dos principais fatores que nos levaram a decidir participar da missão é o grupo de empresas envolvidas em Moçambique, que são ligadas aos setores que atuamos no Brasil”, conta. O diretor ainda ressalta o bom momento econômico que Moçambique vive, o que amplia as expectativas da Enacom de encontrar boas oportunidades de negócio.

A Framework Systems também é estreante nas missões e espera já começar as negociações durante a viagem, segundo o diretor presidente Leonardo Barros. Ele acredita que o país africano tenha alta demanda não apenas para sistemas e serviços de TI, mas também para treinamentos. “Sabemos que é um país que está crescendo e precisa de capacitação de mão de obra em TI, uma demanda que poderíamos atender”, afirma.

Outra das participantes da Missão Moçambique é a Techbiz, que já participou de uma missão empresarial aos Estados Unidos. O diretor Hélio da Silva afirma que ir a Moçambique pode ser positivo para os negócios da empresa. “Pretendemos prospectar oportunidades, levando em conta a expertise da Techbiz e as necessidades de Moçambique”, ressalta.

Além de Enacom, Framework Systems e Techbiz, estarão presentes na missão a Concert, a Critical Software e o Group Vetta. O grupo será comandado pelo consultor da Softex Wilson Caldeira e também contará com a participação do gerente da Câmara de Comércio, Indústria e Agropecuária Brasil-Moçambique (CCIABM), Fábio Vale.


Postado em: 01/08/2012