• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> Estruturar processos de software pode ampliar qualidade do produto final

Intercâmbio Empresarial realizado no dia 5 de fevereiro mostrou que qualidade de processo de produção de software estão interligadas

Para crescer e seguir crescendo, é preciso se organizar. Este foi o recado passado pelos palestrantes do último Intercâmbio Empresarial Fumsoft, realizado no dia 5 de fevereiro. O tema foi a adoção de modelos de qualidade de desenvolvimento de software, uma ampla estruturação dos processos da empresa de TI que pode trazer vários benefícios para o negócio, inclusive o aumento na produtividade e no faturamento.

Para abrir o evento, o coordenador de Qualidade da Fumsoft, Carlos Barbieri, comentou sobre a importância das empresas estarem sempre atentas aos processos realizados cotidianamente. “O sucesso do negócio alia qualidade de processo com qualidade do produto e uma influencia na outra”, ressaltou. Ele enumerou algumas vantagens em implementar um modelo de qualidade: aumento da qualidade do produto, diminuição do retrabalho, maior produtividade, redução do tempo para atender o mercado, maior competitividade e maior precisão nas estimativas. “Os ganhos financeiros são certos, porém graduais e a médio e longo prazo”, explicou.

Barbieri ainda apresentou os principais aspectos do modelo de Melhoria de Processos do Software Brasileiro (MPS.Br), referência nacional em qualidade de software no país. “O MPS.Br adotou as melhores práticas de outros modelos de qualidade, como ISO e CMMI e se adaptou à realidade das empresas brasileiras de TI”, afirmou.

O Intercâmbio também contou com a participação de dois empresários que passaram recentemente pelo processo de implementação do MPS.Br, que mostraram vantagens e desafios de adotar melhores práticas no desenvolvimento de software. Diogo Everson dos Santos, da Fábrica de Software e do Sebrae-MG, apontou os fatores que contribuíram para o sucesso da organização na obtenção do selo: “Envolvimento amplo da direção, comprometimento de toda a equipe e competência da consultoria, mas um aspecto muito importante foi a conscientização de todos para a necessidade de uma mudança estrutural e cultural”.

Para finalizar, o diretor da Velp Tecnologia, Paulo Henrique Barros, apresentou ao participantes os principais resultados que sua empresa obteve durante e após o processo de certificação. “Conseguimos acompanhar de maneira mais próxima cada projeto e diminuir as surpresas, melhoramos as estimativas de esforço e de tempo, que fazíamos de forma intuitiva, e o clima na empresa melhorou, pois as pessoas gostam de trabalhar em ambientes organizados”, relatou.

fumsoft_intercambio_qualidade_de_processos_como_investimento_empresas_ti_cobertura_corpo_site_certa


Postado em: 06/02/2013