• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> Estudo de licitações passadas é decisivo para futuras concorrências

Análise de dados das licitações que a empresa não venceu é uma das ações que podem aumentar a eficiência em concorrências públicas

Para vender para o Governo, não basta apenas começar a participar de licitações. É preciso encontrar oportunidades que estejam alinhadas com o que a empresa é capaz de oferecer, preparar toda a documentação necessária e monitorar os resultados, utilizando os dados das concorrências não vencidas para se aperfeiçoar. Essas questões foram discutidas na capacitação “Vendas de TI para o Governo: estruture sua empresa para esse desafio”, oferecida pela Fumsoft no dia 25 de outubro.

A instrutora Flávia Guerra, profissional com experiência em gestão de processos licitatórios, abordou todas as etapas de uma concorrência pública: a prospecção da oportunidade, a preparação da habilitação, a participação na disputa e a homologação e o registro dos resultados. As leis relativas a cada uma dessas etapas também foram descritas no curso pelo advogado Thiago Seixas Salgado.

De acordo com Alexandre Paraguassu, diretor comercial da Zarafa Brasil e participante do curso, a capacitação foi útil para esclarecer dúvidas e entender melhor as licitações na área de Tecnologia da Informação (TI). “A didática do curso foi muito boa, as discussões foram produtivas e os instrutores deixaram um canal de comunicação aberto com os participantes”, ressaltou.

O conteúdo sobre os modelos de licitação e as atas de preço foi o que mais interessou a Diego Cardoso Camargos, executivo de atendimento e relacionamento da Totvs. “Os instrutores conseguiram abordar todo o processo das licitações, ressaltando os pontos críticos de atenção irão ajudar a empresa a melhorar seu desempenho nas concorrências públicas”, relatou.

Confira as fotos do evento no Facebook.


Postado em: 31/10/2012