• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> FUMSOFT representa setor de Software de Minas em missão na Índia

Missão Índia

Crédito: Divulgação/Secom MG

As exportações de Minas Gerais para a Índia saltaram de US$ 19,1 milhões em 2003 para US$ 139,4 milhões no ano passado, segundo a Central Exportaminas, órgão ligado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico. De olho nesse crescimento, o Governo de Minas promoveu em outubro uma missão empresarial à Índia. Representando o setor de Software, a comitiva contou com a participação do presidente da FUMSOFT, Thiago Maia, e do vice, Leonardo Fares, além de membros de outras entidades.

A missão começou no último dia 10 de outubro, com destino à Mumbai, Bangalore e Nova Délhi, terminando nesta quarta-feira, dia 19. O objetivo foi atrair investimentos para Minas e também exportar produtos mineiros para a Índia. A delegação visitou empresas indianas como Essar, Tata, Infosys e BEML. O governador Antonio Anastasia participou da viagem e apresentou aos indianos oportunidades de negócios e investimentos. Segundo ele, existem possibilidades de ampliação de exportações e importações nas áreas siderúrgica, automotiva, de ciência e tecnologia.

Hoje os produtos de Minas Gerais mais vendidos para a Índia são ferro e aço, açúcar, farmacêuticos e químicos, aparelhos médicos e autopeças. De acordo com dados da Central Exportaminas, as importações representam atualmente US$ 149,3 milhões e os produtos mais comprados por Minas são fios sintéticos ou artificiais, produtos químicos, algodão, aparelhos de gravação ou reprodução de som e imagem, rolamentos e engrenagens, obras de ferro fundido e máquinas e equipamentos.


Postado em: 26/10/2011