• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> Minas Gerais é o segundo estado com mais empresas MPS.Br

Com a qualificação da Axxiom, Oriontec e da Universidade Federal de Viçosa, estado consolida posição de referência nacional em qualidade de software

Três organizações que fazem parte do oitavo grupo formado pela Fumsoft para qualificação pelo modelo MPS.Br agora contam com uma certificação de qualidade considerada referência no mercado brasileiro de software. A empresa Axxiom conquistou o nível F, enquanto a Oriontec e a Universidade Federal de Viçosa (UFV) pleitearam o nível G.

Com esta conquista, a UFV se tornou a primeira universidade mineira e uma das primeiras do país a implementar o modelo MPS.Br. Além das três já avaliadas, compõem esse grupo outras 11 empresas mineiras, que estão na fase de conclusão da implementação. O projeto teve início em fevereiro de 2011 e contou com apoio financeiro da Fapemig e da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes).

Contabilizando essas três organizações, Minas Gerais já conta com 60 empresas certificadas e é o segundo estado com maior número de avaliações MPS.Br publicadas, de acordo com dados da Softex. “O número significativo de empresas interessadas mostra que o programa MPS.Br teve ampla aceitação no estado”, explica o coordenador de Qualidade da Fumsoft, Carlos Barbieri.

Já em junho deste ano, foram realizados os primeiros treinamentos do Grupo 9, formado por dez empresas que também buscam o selo MPS.Br. Neste mês, a Fumsoft oficializou o contrato com a Softex, que subsidiará 40% dos custos de implementação para as empresas deste grupo. A Fumsoft é a única instituição credenciada para realizar a implementação do modelo no estado. Os interessados podem entrar em contato pelo e-mail qualidade@fumsoft.org.br.

 

 

Os avaliadores MPS.Br Hélio Araújo Silva e Ana Cecília Zabeu, ao lado de Benício Ramalho e Michelini da Mota, da equipe da Diretoria de TI da UFV (Fonte: Softex)

 


Postado em: 26/09/2012