• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> Minas quer ser referência em TI em 10 anos

Pacote de ações do Programa MGTI 2022 foi apresentado em evento que reuniu as principais lideranças do setor no estado

OLYMPUS DIGITAL CAMERA“Queremos dobrar o ritmo de crescimento do setor de Tecnologia da Informação no estado. Eis o tamanho do nosso desafio”. Com essas palavras, o presidente da Fumsoft, Thiago Maia, descreveu os objetivos do programa MGTI 2022, apresentado em um evento realizado no último dia 1º de fevereiro com a presença de grandes lideranças das empresas do setor. O conjunto de iniciativas tem como meta tornar Minas Gerais um estado de referência em TI no Brasil.

O programa foi elaborado conjuntamente pelas quatro entidades representativas do setor no estado – Assespro-MG, Fumsoft, Sindinfor e Sucesu-MG – o Sebrae, o Governo de Minas e a Prefeitura de Belo Horizonte, e contou ainda com o apoio de órgãos públicos e privados.

“Para competir, precisamos cooperar, atuar de maneira mais convergente. Estamos unidos e comprometidos a elevar Minas Gerais a um patamar mais alto na TI nacional”, ressaltou o secretário adjunto de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais, Evaldo Vilela, presente no evento.

As ações do programa estão divididas em quatro eixos: Capacitação, para suprir a demanda de profissionais no estado; geração de negócios, inclusive com incentivos para a formação de consórcios e internacionalização das empresas; adequação do ambiente regulatório e a criação do Condomínio Empresarial de TI, ambiente físico e virtual compartilhado para os empreendimentos do setor.

O maior passo realizado até agora pelo programa envolve o pleito de Minas Gerais para abrigar uma aceleradora de empresas do Programa Startup Brasil, do Governo Federal. O projeto intitulado Acelera MG contou com forte mobilização das esferas governamentais e de organizações públicas e privadas. “A proposta de Minas é atuar na captação de propostas e empresas inovadoras, oferecer capital e capacitação em gestão de negócios para essas equipes e auxiliá-las a se inserir no mercado”, ressaltou o diretor da Fumsoft, Wilson Caldeira, que apresentou a Acelera MG aos participantes.

Também estiveram presentes no evento Geovanne Teles, presidente da Assespro-MG; Arquimedes Brandão de Oliveira, presidente do Sindinfor; Leonardo Speziali, presidente da Sucesu-MG; Leonardo Pessoa Paolucci,  secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Informação; Raphael Guimarães Andrade, secretário municipal adjunto de Desenvolvimento Econômico; e o vereador Tarcísio Caixeta.


Postado em: 06/02/2013