• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> O poder das “multidões” pode viabilizar projetos de inovação

Com o crowdfunding, empresas podem financiar novos produtos ou serviços, envolvendo um grande número de pessoas com sistema de contribuições e recompensas

Cada interessado doa um pouco, recebe algo em troca, e o dinheiro acumulado pode tornar real o que antes era apenas uma boa ideia ou um protótipo. Esse é o princípio básico do financiamento coletivo, ou em inglês, crowdfunding, tema do último Intercâmbio Empresarial, no dia 17 de julho. O convidado André Gabriel, fundador de duas plataformas de crowdfunding, mostrou aos participantes como fazer campanhas de financiamento coletivo para viabilizar projetos inovadores e games.

De acordo com ele, os benefícios de se iniciar uma campanha de crowdfunding vão muito além do puro financiamento do projeto: o “potencial viral” das redes sociais pode proporcionar uma ampla divulgação do produto ou do game antes do lançamento oficial. Além disso, a campanha pode até mesmo servir como uma “pré-venda”, testando a aceitação do mercado ao produto antes de ele ser completamente finalizado. Conhecer pessoas interessadas na ideia também é uma grande vantagem. “Muito mais do que obter o dinheiro necessário para tocar o projeto, pelo crowdfunding, você obtém uma rede de contatos que estão interessados e envolvidos no seu projeto”, ressaltou Gabriel.

Mas para garantir uma campanha de crowdfunding bem sucedida, um dos aspectos mais importantes a ser considerado é o apelo coletivo do projeto, pois ele precisa interessar a um grande número de pessoas. Outros fatores essenciais para o sucesso da arrecadação coletiva, segundo André Gabriel, são a mobilização de toda a rede de contatos próximos do autor do projeto, que precisa acontecer anteriormente ao lançamento da campanha, e as recompensas destinadas aos doadores, que podem ser dividas em pacotes que variam com os valores das contribuições. “As pessoas contribuem para o projeto por duas razões: por acreditarem na iniciativa e também pelo que receberão em troca, e por esse motivo as recompensas precisam ser bastante atrativas”, apontou.

O palestrante apresentou casos de sucesso de campanhas americanas de crowdfunding de produtos inovadores e jogos, que arrecadaram recursos muito maiores do que a meta que estabeleceram. Gabriel ainda mostrou aos presentes como usar a plataforma Mobilize, uma maneira simples de se iniciar uma campanha de crowdfunding pelo Facebook.

Veja aqui outras fotos do evento no Facebook.


Postado em: 20/07/2012