• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> Sebrae e FGV apontam oportunidades para Copa de 2014

Mapeamento mostra as principais oportunidades, dificuldades e propostas de ação para empresas do setor de TI em Belo Horizonte

A Copa do Mundo de 2014 contribuirá para o desenvolvimento do Brasil por meio do investimento em infraestrutura, da geração de renda e de empregos. Para mapear as oportunidades voltadas às micro e pequenas empresas nas 12 cidades-sede do mundial o Sebrae, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), realizou um levantamento que englobou nove setores da economia. Em Belo Horizonte, o setor de Tecnologia da Informação (TI) foi um dos pesquisados. Além de detectar oportunidades para as empresas mineiras, o estudo também aponta dificuldades e propostas de ação.

Assistência técnica, manutenção e suporte; projeto e implantação; infraestrutura de TI (aluguel); consultoria, projetos e implantação; internet; serviços gerais; operação; outsourcing e desenvolvimento de software sob encomenda. Essas são as áreas do setor de TI em Belo Horizonte que oferecem oportunidades no mercado que se prepara para a Copa de 2014. Funções relacionadas à comunicação de dados, hardware, software, telefonia móvel e fixa, radiodifusão e televisão estarão disponíveis aos profissionais do setor na capital mineira.

Segundo a pesquisa, os principais gargalos do setor estão relacionados a documentações específicas, gestão, entre outros problemas. Uma das dificuldades apontadas é a falta de visão empresarial para inovação, detectada no setor de TI em Belo Horizonte. A proposta de ação nesse sentido seria a realização de seminários e criação de editais mais específicos para atendimentos de demandas. Já para resolver o problema da carência de informações sobre as necessidades dos compradores de TI, o estudo indica o levantamento das necessidades para apresentação ao setor. Nos últimos anos, a FUMSOFT tem atuado continuamente no desenvolvimento da inovação nas empresas de TI e na divulgação de demandas do mercado ao setor.

O mapeamento incluiu também os setores de Construção Civil, Madeira e Móveis, Têxtil e Vestuário, Turismo, Produção Associada ao Turismo, Comércio Varejista, Agronegócios e Serviços. A partir de uma metodologia desenvolvida pela FGV especificamente para o estudo de oportunidades, a pesquisa será um instrumento de auxílio para que o Sebrae nacional e suas unidades estaduais elaborem planos de ação voltados à preparação das empresas para Copa de 2014. Para acessar o relatório de oportunidades em Belo Horizonte, clique aqui.


Postado em: 10/08/2011