• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> Secretário de Ciência e Tecnologia de Minas Gerais garante apoio ao setor de TI

Durante apresentação na FUMSOFT, Nárcio Rodrigues afirmou que o governo está alinhado ao projeto BH TI 2022, que visa transformar Belo Horizonte na capital nacional do setor

O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Nárcio Rodrigues, afirmou que o Governo de Minas Gerais está disposto a trabalhar em conjunto com o setor de Tecnologia da Informação (TI) no projeto BH TI 2022, que tem o desafio de tornar Belo Horizonte a capital de TI do Brasil nos próximos dez anos. Durante visita à FUMSOFT no dia 16 de novembro, o secretário manifestou entusiasmo sobre a ideia. “Dizem que uma ideia começa a ficar grande quando não tem mais dono e passa a encampar várias pessoas. A ideia do projeto BH TI 2022 parece contaminar a todos”, comentou.

Leonardo Fares, vice-presidente da FUMSOFT; Nárcio Rodrigues, secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior; Thiago Maia, presidente da FUMSOFT

A participação do governo no projeto foi destacada por Rodrigues, que ressaltou a importância de uma das ações previstas: a criação de um polo empresarial que integre as empresas de TI mineiras e sirva como uma vitrine para o setor. “Vamos dar ao setor um governo parceiro. Está fácil acontecer, pois sabemos o que queremos. Precisamos trabalhar para constituir um espaço físico para as empresas de TI”, afirmou.

Além do polo empresarial de TI, estão previstas no projeto ações relacionadas à capacitação, geração de negócios e adequação do ambiente regulatório. Todas as iniciativas foram pensadas e contam com os esforços das quatro instituições que representam o setor: FUMSOFT, Assespro-MG, Sindinfor e Sucesu-MG. “As entidades trabalham juntas, de mãos dadas e hoje temos o orgulho de apresentar esse projeto feito a oito mãos”, declarou o presidente da FUMSOFT, Thiago Maia, que apresentou os detalhes do projeto BH TI 2022.

A organização das entidades para criação do projeto foi aspecto elogiado pelo secretário. “A maior dificuldade na construção de um projeto é encontrar um setor organizado. O segmento de TI sabe o que quer, tem metas e está puxando o governo nessa iniciativa. É uma oportunidade de ouro para o governo trabalhar”, apontou Rodrigues. A atuação do setor também foi elogiada pelo presidente da Comissão de TI da Câmara Municipal de BH, vereador Tarcísio Caixeta.

Além de representantes da FUMSOFT, Assespro-MG, SindInfor e Sucesu-MG, participaram da apresentação o secretário de Desenvolvimento Econômico de Belo Horizonte, Rafael Andrade, o presidente do Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BHTec), Ronaldo Pena, a coordenadora do APL de TI no Sebrae-MG, Márcia Machado, e o diretor da Fapemig Paulo Kleber. As conversas com o Governo de Minas e demais entidades que manifestaram apoio ao projeto continuam. O BH TI 2022 também será debatido nesta sexta-feira, 18 de novembro, na Câmara Municipal de Belo Horizonte.

Acesse aqui as fotos desse evento na galeria da FUMSOFT no Flickr.


Postado em: 17/11/2011