• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> Tributos, Lei do Bem e questões trabalhistas foram destaque em curso na Fumsoft

Capacitação realizada no dia 29 de junho abordou assuntos estratégicos para a gestão de empresas de TI

Documentação e tributação em softwares e exportação, incentivos fiscais para estimular o desenvolvimento do setor e aspectos trabalhistas em Tecnologia da Informação (TI) foram alguns dos assuntos abordados no curso “Aspectos tributários, trabalhistas, contábeis e cambiais para empresas de TI”, realizado pela Fumsoft no dia 29 de agosto. Os 20 participantes puderam saber mais sobre os tributos que incidem sobre produtos e serviços de TI, além de conhecer mais a fundo o regime tributário para a exportação no setor.

 

O instrutor Thiago Seixas, advogado com experiência em consultoria jurídica para empresas e instituições da área de software, ainda apresentou características importantes do mercado dos países estratégicos dentro do programa de exportação Brasil IT+, como África do Sul, Colômbia, Espanha, EUA, México e Portugal. Outro assunto abordado que gerou interesse nos participantes foi o conjunto de incentivos fiscais para o setor. Na parte final do curso, a advogada Luciana Corrêa apresentou aspectos trabalhistas importantes para uma empresa que atua em TI, como a questão dos profissionais contratados como Pessoa Jurídica (PJ).

 

O ponto da capacitação que mais chamou a atenção do gerente financeiro da ATS Informática, Cristiano Drumond, foi a apresentação da Lei do Bem. “As explicações foram muito claras, feitas por um profissional que domina bem o assunto. Trata-se de uma boa oportunidade para a empresa, uma maneira de reduzir impostos com o apoio do governo”, ressaltou. Os incentivos fiscais e os aspectos voltados para internacionalização foram os destaques do curso na opinião do supervisor de operações financeiras da Concert, Cláudio Ribeiro. “O instrutor deu exemplos de parcerias, mostrou como funciona a interação do Brasil com outros países e como aproveitar oportunidades de negócio para exportação”, relatou.


Postado em: 05/09/2012