• Cadastre-se para receber o informativo FUMSOFT News:

 
 

> Venture Capital pode alavancar negócios de empresas de TI

Captação de recursos pelos Fundos de Participação foi tema de evento realizado no dia 7 de agosto

Além do apoio financeiro, um parceiro experiente que pode ajudar o negócio a prosperar. É o que proporciona o investimento via Venture Capital, ou por Fundos de Participação, em que os apoiadores recebem em troca uma porcentagem de ações e passam a participar na gestão da empresa investida. Este foi o assunto discutido durante o “Encontro com a Indústria de Private Equity e Venture Capital”, que foi realizado na manhã dia 7 de agosto no auditório do BDMG.

O evento foi organizado pela Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital (ABVCAP) em parceria com a Fumsoft e a Softex. Na ocasião, estiveram presentes empresários investidores, representantes de Fundos de Participação de Minas Gerais e também de empreendedores que conseguiram captar o investimento.

O conselheiro da ABVCAP, Bernardo Portugal, ressaltou que em Minas Gerais surgem cada vez mais investidores e empreendedores. Segundo ele, o receio dos empresários em dividir participação vem mudando com o tempo. “Sócio já teve um significado ruim no passado, mas hoje já representa uma pessoa que quer ajudar ativamente no desenvolvimento do negócio”, afirma.

Um dos painéis discutiu os principais fatores considerados para atrair investimentos de Fundos de Participação, com presença de representantes da Confrapar, FIR Capital e Inseed Investimentos. “A primeira coisa que analisamos é o próprio empreendedor, sua empolgação com seu negócio e seu perfil como sócio e não como dono da empresa”, afirmou o diretor financeiro da FIR Capital, Eduardo Regueira.

Em outro painel, os empresários que receberam investimentos por Venture Capital puderam compartilhar sua experiência, dizer o que foi decisivo para que atraíssem esse recurso e aconselhar os empreendedores presentes. Eles afirmaram que foi uma experiência extremamente positiva para a empresa. “Junto com o capital, vêm o momento de gerar valor, de alçar novos voos, o que é o mais importante”, ressaltou Marçalino Ribeiro, diretor de operações da Acser Automação.

Também fizeram palestras no evento o gerente do Centro de Inovação da IBM, Ricardo Mansano, o sócio da Portugal Vilela Behrens Advogados, Flávio Vidigal, o diretor de planejamento, gestão e finanças da Fapemig, Paulo Kléber Pereira, o professor e coordenador do Núcleo de Empreendedorismo da Fundação Dom Cabral, Afonso Cozzi e o consultor de empresas da ABVCAP, Christian de Castro.

 


Postado em: 14/08/2012